Conhecimento Projeto

Você conhece a si mesmo?

Você conhece a si mesmo? Para nosso crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional é essencial buscar o Autoconhecimento (Conhecer quem nós somos e como os outros nos vêem).

Atualmente há muitos recursos, estudos e ferramentas para buscar este desenvolvimento, porém é importante destacar que isso não é um esforço pontual, mas deve ser uma constante busca por desenvolvimento e descobertas individuais.

O Autoconhecimento é um processo contínuo onde você se conhece, se aceita e se reconhece o tempo todo em um ciclo praticamente infinito, pois quando mais se conhece, mais se desenvolve. Resumindo: É um ciclo de melhoria contínua de sí próprio.

Existe uma teoria que ajuda a compreender a necessidade de autoconhecimento e de reforço de relacionamento interpessoal que chama-se, Janela de Johari, e é exatamente sobre esta janela que este artigo discorre. Janela de Johari é uma ferramenta conceitual, criada por Joseph Luft e Harrington Ingham em 1955, que tem como objetivo auxiliar no entendimento da comunicação interpessoal e nos relacionamentos com um grupo.

A teoria parte de um princípio muito simples:

  • Há muitas coisas que você sabe sobre você.
  • Há muitas coisas que você não sabe sobre você.
  • Há muitas coisas que as pessoas sabem sobre você.
  • Há muitas coisas que as pessoas não sabem sobre você.

Cruza-se todas estas informações numa matriz com quadrantes que indicam o quanto temos consciência sobre nós mesmos em comparação ao quanto expomos e somos percebidos pelas pessoas com as quais convivemos.

Abaixo será destacado cada quadrante individualmente, temos um tipo de “janela”, como segue: Janela Aberta = O que eu sei sobre mim e os outros também sabem sobre mim

Representa nosso maior potencial de criar relacionamentos transparentes. Esta janela reflete o que conhecemos sobre nós, o que compartilhamos e expomos ao mundo, criando a possibilidade de identificar pontos em comum e estratégias conjuntas de fortalecer as relações. Janela Secreta = O que eu sei sobre mim, mas os outros não sabem sobre mim

A Janela secreta contém preferências, comportamentos e escolhas que gostaríamos de manter em modo privado; mas também envolve características nossas que os outros não tiveram a oportunidade de ver. Janela cega = O que eu não sei sobre mim, mas os outros sabem sobre mim

Essa é a janela mais importante para o autoconhecimento, porque ela representa a forma como você impacta as pessoas; a maneira como os outros percebem a sua interação, apesar de você não ter consciência. É a janela que precisa de uma busca constante quanto ao conhecimento e feedbacks ajudam-nos a melhorar principalmente se você impacta as pessoas negativamente. JANELA DESCONHECIDA = O que eu não sei sobre mim e os outros também não sabem sobre mim

Esta é uma área inexplorada. Normalmente, compreende características que ainda não foram colocadas em prática e conseguimos descobrir nossos potenciais através de coaching ou treinamentos de lideranças. Vale a pena investir ! É preciso cuidado e atenção quanto à abordagem no dia a dia, pois dependendo da forma de interação ou grau de exposição, a configuração da janela de Johari poderá variar sem que você perceba e acabar mostrando uma janela que não gostaria.

Busque melhorar o que você conhece sobre você mesmo, e cuide dos pontos que precisam ser melhorados de forma a maximizar e ter a “Janela Ideal”, que se apresenta quando o quadrante “Janela Aberta” é bem maior do que os demais. Assim, você potencializa a conexão positiva, gerando confiança!

Outro grande ponto importante é possuir uma estratégia de pedir e aceitar feedbacks com frequência para aumentar a área “o que eu sei sobre mim” e encontrar formas de saber mais sobre suas preferências, tentar coisas novas, interagir e usar a criatividade!

Flávio Costa on InstagramFlávio Costa on LinkedinFlávio Costa on Twitter
Flávio Costa
Gerente de Projetos na Hexagon
Gerente de projetos com mais de 15 anos de experiência desde desenvolvimento de software, gestão de portfólios, programas e projetos, liderança e formação de equipes. Possui as principais certificações gestão de projetos como: PMP (Project Management Professional) pelo PMI, PRINCE2 Practitioner, PRINCE2 Agile e MoP (Management of Portfolio) pela Axelos, Agile Scrum pela Exin entre diversas outras.

Gerenciou grandes projetos e programas de implantação de sistemas nos segmentos de comércio, varejo, engenharia, segurança pública, informações geográficas e setor público sempre com foco no relacionamento interpessoal e gestão de mudança com alto valor estratégico. Sempre engajado e comprometido em construir e liderar equipes para atingir as metas corporativas e entregar valores e benefícios a organização e cliente.

Atualmente é: Gerente de Projetos na Hexagon, Gerente de Portfólio no PMI-SP, Professor em gestão de projetos pelo SiteCampus e Colunista nos portais TI Livre e Projetos e TI.

Comentários

Deixe uma resposta