Kaizen Lean Six Sigma Projeto

Tipos de Kaizen

Em uma Transformação Lean, a melhoria contínua é parte essencial, pois é o objetivo desta. Cada tipo de melhoria envolve áreas diferentes com análises diferentes, por isso, é importante conceituar os tipos de Kaizen (Melhoria Contínua).

Kaizen

Kaizen (改善?), (do japonês, “melhoria” ou “mudança para melhor”), refere-se a filosofia ou práticas que incidem sobre a melhoria contínua dos processos de manufatura, engenharia, gestão de negócios ou qualquer processo como até mesmo na área da saúde, psicoterapia, life-coaching, governos, bancos e outras indústrias.

Quando usado no sentido de negócio e aplicado ao local de trabalho, o kaizen refere-se a atividades que melhorem continuamente todas as funções e envolve todos os funcionários desde o CEO até os trabalhadores da linha de montagem.

Também se aplica a processos, como compra e logística, que cruzam fronteiras organizacionais da cadeia de suprimentos. Ao melhorar as atividades e processos padronizados, kaizen tem como objetivo eliminar o desperdício (ver manufatura enxuta). O kaizen foi implementado pela primeira vez em várias empresas japonesas depois da Segunda Guerra Mundial. Desde então, se espalhou por todo o mundo.

Tipos de Kaizen

Kaizen de Processo: Melhoria em processos individuais (na injeção, no corte, no acabamento, etc);

Kaizen de Fluxo: Melhoria no fluxo porta-a-porta, ou seja, de uma linha inteira, tipicamente desde o almoxarifado de matéria-prima até o de acabados (sistema MTS);

Kaizen de Sistema: Melhoria no método de programação da fábrica, tipicamente de MRP para Sistema Puxado.

Esses Kaizens se inter-relacionam, mas para o Kaizen de Sistema acontecer, é preciso que os conceitos de Kaizens de Processo e de Fluxo estejam bem difundidos.

Obs: Essa é a definição do Art Smalley, que eu gosto mais por ser mais específica. Existe a definição do John Shook, que diz que o kaizen de fluxo e o de sistema são iguais. Prefiro aquela definição porque acredito que não posso dizer que um balanceamento seja um Kaizen de Sistema, por haver menos complexidade.

Forte Abraço!

João Luís Piancó

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *