PRINCE2 Projeto

PRINCE2 – Estrutura e Princípios pt 2

Como vimos no artigo anterior PRINCE2 – Estrutura e Princípios1 a metodologia contem seus temas e seus processos, continuarei com as anotações para familiarizar com o contexto e nos aprofundarmos no futuro, hoje veremos apenas 3 temas, no próximo artigo veremos os demais.

Business Case

  • Serve para realizar a avaliação da viabilidade do projeto
  • É Dinâmico – pode mudar ao longo do tempo
  • Deve conter:
    • Razões do projeto
    • Alternativas do projeto
    • Estimativa de investimento (cada alternativa)
    • Benefícios esperados
    • Malefícios esperados
    • Estimativa de prazo
    • Estimativa de custo
    • Principais riscos
    • Método de avaliação dos benefícios

Organização (o projeto é uma organização)

  • 4 camadas:
    • Gerenciamento Corporativo ou do Programa (Comissionamento)
      • Origem dos projetos
      • Representa a alta direção
      • Entidade externa ao projeto
      • Define restrições globais
      • Emite o Project Mandate
    • Comitê Diretor do Projeto (direcionamento)
      • Formado por:
        • Executivo
          • Prevalece a decisão do Executivo
        • Fornecedor Sênior
          • Usuário Sênior
            • Gerente do Projeto (Gerenciamento)
            • Gerente de Equipe Especialista (Entrega)

image

Possui 3 interesses:

  • Negócio (business) – responsável pelo investimento e justificativa do negócio
    • O projeto está alinhado com a necessidade de negócio?
    • Fornecerá qual valor para o negócio?
    • Supervisionado pelo Executivo
  • Usuário – responsável pelo requisito do projeto e usufruirá dos benefícios alcançados
    • Em muitos casos, representa o cliente do projeto
    • Partes interessadas afetadas pela mudança
    • Será impactado pelas consequências
  • Fornecedor – responsável por fornecer os recursos (material e mão-de-obra) para o projeto
    • Representa o fornecedor externo e interno
    • Gerente de equipe especialista é um fornecedor

Qualidade

  • Definição: é a totalidade de características de um produto que atende às expectativas ou satisfaz as necessidades do cliente.
  • A qualidade no PRINCE2® requer um conjunto de atividades que são:
    • Identificar o produto do projeto e o nível de controle sobre eles
    • Elaborar o Product Description (Descrição do Produto)
    • Compreende de forma detalhada a finalidade, função e aparência do produto.
    • Define quem vai usar o produto
    • Identifica as fontes de informação ou fornecimento do produto
    • Identifica o nível de qualidade exigida do produto
    • Possibilita a identificação de atividades de executar, analisar e aprovar o produto
    • Define as pessoas ou as habilidades necessárias para produzir, analisar e aprovar o produto.
    • Definir e implementar os meios pelos quais o projeto criará os produtos e verificará se estes estão de acordo com o especificado

Pode ser dividida em 2 frentes

  • Planejamento da qualidade (Quality Planning) – consiste em ter um plano de qualidade para controlar tudo, incluindo a própria qualidade.
    • Expectativas de qualidade do cliente (Customer Quality Expectation) – expectativas do cliente quanto à qualidade dos produtos esperados do projeto
    • Critérios de aceitação (Acceptance Criteria)- identificar os atributos dos produtos. Acordar esses atributos (critérios) entre os envolvidos (cliente e fornecedor)
    • Estratégia de gerenciamento da qualidade (Quality Management Strategy) – definir os padrões de qualidade, técnicas, procedimentos e ferramentas que serão utilizadas durante todo o ciclo de vida do projeto.
    • Descrição dos produtos (Product Description) – descrito acima.
    • Critérios e tolerâncias de Qualidade (Quality Criteria and Tolerances) – os critérios de qualidade devem descrever as especificações de qualidade que os produtos devem ter além de definir as medidas de qualidade que serão checadas pelos responsáveis pela verificação do produto finalizado. A tolerância de qualidade se refere a uma ou conjunto de medidas de qualidade do produto aceitáveis pelo cliente.
    • Métodos de Qualidade (Quality Methods)- descreve o conjunto de atividades necessárias para implementar a qualidade durante o desenvolvimento, revisão e aprovação dos produtos do projeto.
  • Durante o processo de desenvolvimento do produto (In-process Method) – a qualidade é construída durante o desenvolvimento do produto.
  • Avaliação (Appraisal Methods)
    • Responsáveis pela qualidade (Quality Responsibilites) – produtos finalizados são verificados e avaliados pela sua completeza e resultados esperados.
  • Produtor – desenvolve o produto.
    •    Revisor – avalia se o produto está de acordo com os requisitos.
    •    Aprovador – pessoa ou grupo qualificado ou autorizado a aprovar a completeza e os resultados esperados do produto.
    • Controle da qualidade (Quality Control) – consiste em técnicas e atividades operacionais usadas para cumprir os requisitos de qualidade como, por exemplo, testes e inspeções de qualidade. Identifica maneiras de eliminar causas de desempenhos indesejados (implementar melhorias no processo através de lições aprendidas)
    • Registro de Qualidade (Quality Registar) – diário de qualidade que contem os eventos de qualidade planejados e ocorridos. É mantido pelo Suporte do Projeto
    • Produto (product) – o produto desenvolvido.
    • Registro e aprovação da qualidade (quality and Approval Records) – evidências quanto à completeza do produto, ao cumprimento dos requisitos de qualidade definidos, satisfação do cliente, etc.
    • Registro de aceitação (Acceptance Records) – evidências de aprovação do projeto e do produto.
  • Técnicas PRINCE2®
    o    Utiliza 2 técnicas. É capaz de trabalhar com outras que não está especificadas no manual.
    o    Product-based Planning (Planejamento baseado em produto) – diretamente ligada ao princípio “Foco no Produto”. Seu uso é obrigatório.
    •    Descrição do produto final do projeto – Gerente do Projeto descreve o produto com base nas especificações do Usuário Sênior. Pode consultar o Executivo
    •    Criação da estrutura analítica do produto
    •    Descrição dos produtos (Product Description)
    •    Criação do diagrama de fluxo do produto (PFD
    ) – identificação e definição da sequencia pela qual os produtos do projeto serão desenvolvidos, assim como das dependências entre eles. No diagrama deve-se diferenciar o que é produto externo, o que é produto simples, o que é produto integrado (união de produtos simples) e o que é o produto final.
    • Quality Review (Revisão da Qualidade) – é utilizada para rever as documentações básicas dos produtos do projeto e verificar se estes produtos desenvolvidos atendem aos requisitos especificados. A ideia é garantir que o produto atinja seu propósito. Seu uso não é obrigatório.
  • Garantia da Qualidade
    • Prove segurança para toda a Corporação ou Programa da Organização, com foco na condução correta e apropriada do projeto e se esta de acordo com as políticas e padrões de gerenciamento
    • Trabalha de forma independente do Projeto

GARANTIA DO PROJETO X GARANTIA DA QUALIDADE

Garantia do Projeto

Garantia da Qualidade

Prove segurança para as partes interessadas, com foco na condução correta e apropriada do projeto. Prove segurança para toda a Corporação ou Programa da organização, com foco na condução correta e apropriada do projeto e se está de acordo com as políticas e padrões de gerenciamento.
Trabalha de forma independente do Gerente do Projeto, Suporte do Projeto, Gerente de Equipe especialista e Time do Projeto. Trabalha de forma independente do projeto.

Veremos os demais temas no próximo artigo, até logo!

Referencias

Coimbra, PMP on FacebookCoimbra, PMP on LinkedinCoimbra, PMP on TwitterCoimbra, PMP on Youtube
Coimbra, PMP

CEO do portal, apaixonado por gestão de projetos, metodologias, minha família, professor, consultor, certificado PMP, Six Sigma White Belt.


Comentários

Deixe uma resposta