Ferramentas Projeto

Mapa Mental

Vamos falar hoje sobre uma das ferramentas utilizadas na Coleta de requisitos mas que está presente em muitos outros processos do Guia PMBOK® o Mapa Mental.

Overview

Hoje em dia em ambientes profissionais e de estudos somos muito cobrados a ter ideias e a reter informações, portanto temos que saber geri-las, com isso Tony Buzan autor Britânico criou um diagrama que procura representar, com o máximo de detalhes possíveis e de uma forma bem resumida todas as ideias de um determinado assunto.

Criando assim ideias e conceitos sobre os quais possa planejar ações e estratégias para alcançar objetivos específicos, este diagrama foi nomeado como mapa mental.

O mapa mental1 tem o objetivo de gerir informações, compreender e solucionar problemas, memorização e aprendizado, criação de manuais, livros e palestras, ferramenta de brainstorming (tempestade de ideias), gerenciamento de estratégico de empresas ou negócios e na coleta de requisitos para gerar escopo.

De forma bem simples e focada, o mapa mental consiste no seguinte processo: desenha-se um conceito no centro de uma página ou documento em branco; e, dele, são irradiadas representações de ideias por meio de imagens, palavras e partes de palavras.

A ideia é que todas apresentem alguma relação com o conceito central.

Abaixo exemplo de um mapa mental de uma obra:

Figura 1: Mapa mental para uma obra. Fonte: Autor (2018).

Origem

Tony Buzan, autor britânico e personalidade de TV, popularizou o termo “mapa mental na década de 1970 em sua série de TV da BBC “Use Your Head” (Use sua cabeça, em tradução livre), e em seus livros, como “Mind Mapping for Smarter Thinking”.

No entanto, o conceito de mapear ideias visualmente surgiu bem antes.

Acredita-se que Porfírio de Tiro, filósofo do século três na Grécia e em Roma, fez o mapeamento visual das Categorias de Aristóteles.

Sua invenção, a Árvore de Porfírio, não incluía ilustrações, mas outros pensadores acrescentaram- nas posteriormente. No século XIII, o filósofo Raimundo Lúlio também usou este tipo de diagrama, incluindo uma Árvore de Porfírio ilustrada.

Buzan disse que as pessoas absorvem informações de uma forma não linear, nem sempre da esquerda para a direita e de cima para baixo, e mapas mentais refletem isso.

A ferramenta (mapa mental) no mundo real das empresas e projetos, e sua introdução na gestão de escopo.

Suponhamos que, uma equipe de projetos tenha grandes ideias para o projeto, mas não conseguem aproveita-las ao máximo por falta de uma visão sistêmica do projeto, então é aí que a ferramenta entra2, ajudando a ordenar e expressar pensamentos de forma bastante logica, visual, comunicando assim sua ideia com mais precisão e clareza.

Em uma rotina diária de trabalho também pode se utilizar o mapa mental para organizar as atividades do dia, a lista de coisas a se fazer, a preparação de uma viagem, informações em uma palestra, o resumo de um relatório.

Inclusive é utilizado também para a identificação de oportunidades, mapeando o mercado, à análise de tendências, às demandas do consumidor, analise da evolução tecnológica, de competição, definição de perfil de clientes.

O mapa mental3 pode ser utilizado no gerenciamento de brainstormings (Tempestade de ideias).

A ferramenta constitui uma das melhores maneiras de gerenciar uma sessão de brainstorming, porque você consegue fazer conexões entre itens e exibir o resultado em um formato bem gráfico, de modo que toda a equipe compreenda.

Em relação ao gerenciamento de projetos, a ferramenta é certamente uma poderosa aliada.

Pois é um organizador visual que fornecem um panorama de todo um projeto, e garante que os Stakeholders estejam sempre alinhados.

Conclusão

Com a elaboração de um mapa mental, é possível delinear toda a estrutura de um projeto, visualizar suas características individuais, realizar anotações durante as reuniões e reunir todos os links, arquivos e gráficos importantes em um local central.

Portanto o mapeamento mental pode ser utilizado também como ferramenta para o gerenciamento de escopo4, aonde consegue com mais clareza montar uma EAP (estrutura analítica de processos) para o processo de definição de escopo5.

Referências

  1. O que é Mapa mental
  2. O que é e como fazer um mapa mental
  3. Mapa mental
  4. Mapa mental Guia PMBOK 5®
  5. Rodrigo Coimbra – Coleta de requisitos e Criação da EAP – Aula SENAC Ribeirão Preto
Felipe Torres on Facebook
Felipe Torres
Ola meu nome é Felipe Torres, sou de Ribeirão Preto-SP, recém formado em engenharia civil e atualmente cursando Pós-graduação em Gerenciamento de Projetos, Atuo profissionalmente como engenheiro civil, diretamente com construções e planejamento de obras.

Comentários

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.