Carreira Projeto

Líder e Gerente. Por que esta separação?

O líder e o gerente é aquele profissional que está à frente de uma equipe, de forma a engajá-la para conseguir atingir uma meta, seja entregável de um projeto ou suportar uma operação recorrente, apesar de parecer o mesmo conceito ambos são distintos.

“A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades extraordinárias em pessoas comuns” Abraham Lincoln

Em muitas pesquisas encontraremos “Líder versus Gerente“, mas o que eu abordo neste artigo é o compartilhamento de ambas em um único profissional, pois vejo o gerente como garantidor da execução dos processos e o líder o responsável por motivar e engajar pessoas,

  • Por que tem que haver esta separação?
  • Não se poder ser um Gerente com características de liderança?

Primeiramente vamos entender um pouco as diferenças conceituais

Diferença entre líder e gerente

O líder é o profissional que possui algumas características básicas para ocupar o cargo. Dentre as competências esperadas estão boa capacidade de se comunicar, de gestão e visão estratégica. Quando ele domina a comunicação, consegue passar com clareza a mensagem para seus liderados, transmitindo segurança e confiança sobre o deve ser feito.

Os líderes que conseguem identificar pontos fortes nas pessoas, não encontram dificuldades em entregar determinado trabalho para a pessoa certa para executá-lo e mantém sempre o foco nas pessoas. A busca pelo desenvolvimento de seus liderados, mantendo a equipe unida, focada e motivada, é uma de suas obstinações.

O gerente possui outras características e forma para comandar a equipe. Uma das primeiras diferenças entre eles é que o gerente administra e mantém-se focado nos processos organizacionais da empresa, enquanto que o líder consegue olhar para o todo e buscar soluções além do que já é usado na companhia.

O gerente prioriza o processo que deve ser seguido à risca. Outro detalhe é que o gerente visa buscar os resultados financeiros, já o líder faz com que as pessoas o sigam de maneira natural, por conta de sua influência positiva na empresa.

Qual a solução ?

Sabemos que o ambiente externo é instável e dinâmico e para que as organizações consigam manter o nível de competitividade é necessário que elas possuam uma equipe forte, para que os processos decisórios sejam descentralizados, com delegações aos níveis mais baixos, otimizando o tempo e eficiência das decisões.

Mas nada disso é possível, se a organização não tiver o maestro para reger a orquestra, o papel do orquestrador que conheça bem os processos, ou na falta destes, ele o cria e adapta-o de acordo com a necessidade da organização, mas sempre liderando e trabalhando com o foco nas pessoas, pois pessoas motivadas e felizes trabalham melhor e geram sempre melhores resultados.

A figura do líder é fundamental para que o ambiente interno seja democrático, com uma estrutura flexível, mutável e horizontal.

Quais são os pontos que Líderes, Gerentes ou Gerentes (Líderes) precisam se atentar?

  • Valoriza seus cooperadores, dando a eles autonomia para que eles possam manifestar suas ideias dentro da organização;
  • Sabe ouvir seus liderados, de forma empática, se colocando no lugar do outro e tentando sentir suas emoções;
  • Usa o conceito de sinergia: “o todo é maior que a soma das partes”, ou seja, valoriza o trabalho em equipe, fortalecendo a união das pessoas dentro da organização;
  • Possui tolerância aos erros, pois pessoas erram e aprendem com os erros;
  • Valoriza a criatividade e a inovação, dando suporte para que os colaboradores desenvolvam tais quesitos;
  • Descentraliza a estrutura hierárquica da empresa, disseminando o conhecimento por toda a organização;
  • Faz com que a cultura organizacional seja democrática;
  • Usa as ferramentas modernas da administração, como: Empowerment, Downsizing, Benchmarking, etc.;
  • Possui uma visão do todo;
  • Sempre acredita que algo precisa e deve ser melhorado continuamente;
  • É uma pessoa congruente com suas ações, mantendo sempre sua palavra e honrando seus compromissos;
  • Possui a capacidade de dar uma nova visão a todos ao seu redor;
  • Motiva seus colaboradores constantemente, através de promoções, benefícios e reconhecimento por trabalhos bem executados;
  • Sua maior qualidade é servir, não ser servido;
  • Faz com que seus liderados sejam seus parceiros;
  • Utiliza-se de modelos estratégicos inteligentes, como Análise SWOT, Balanced Scorecard, Cinco Forças de Porter;
  • Valoriza profissionais polivalentes;
  • Possui foco nas pessoas e em suas motivações

Conclusão

Necessitamos de habilidades gerenciais e administrativas, mas não podemos esquecer da liderança e do principal papel da mesma dentro de uma organização, pois o líder é alguém que faz com que as pessoas queiram seguí-lo não por seu poder coercitivo, mas sim pela influência positiva que ele causa nas pessoas, ou seja, as pessoas não querem segui-lo por obrigação e sim por aceitação, por admirá-lo.

Flávio Costa on InstagramFlávio Costa on LinkedinFlávio Costa on Twitter
Flávio Costa
Gerente de Projetos na Hexagon

Gerente de projetos com mais de 15 anos de experiência desde desenvolvimento de software, gestão de portfólios, programas e projetos, liderança e formação de equipes. Possui as principais certificações gestão de projetos como: PMP (Project Management Professional) pelo PMI, PRINCE2 Practitioner, PRINCE2 Agile e MoP (Management of Portfolio) pela Axelos, Agile Scrum pela Exin entre diversas outras.


Gerenciou grandes projetos e programas de implantação de sistemas nos segmentos de comércio, varejo, engenharia, segurança pública, informações geográficas e setor público sempre com foco no relacionamento interpessoal e gestão de mudança com alto valor estratégico. Sempre engajado e comprometido em construir e liderar equipes para atingir as metas corporativas e entregar valores e benefícios a organização e cliente.


Atualmente é: Gerente de Projetos na Hexagon, Gerente de Portfólio no PMI-SP, Professor em gestão de projetos pelo SiteCampus e Colunista nos portais TI Livre, Projetos e TI, e Profissionais TI


Comentários

Deixe uma resposta