Governança

Gerenciamento ou Governança? O que eu estou fazendo?

Muitos profissionais da área de TI, sobretudo, os de infraestrutura, questionam-se se há diferenças entre gerenciamento e governança da TI. Vale saber que há!

Gerenciamento é diferente de governança, já te falaram isso? E a diferença está no papel que sua TI exerce na corporação. Mathias Sallé diz que a TI pode ser:
  • Um simples fornecedor de tecnologia, focada na entrega dos recursos computacionais;
  • Um fornecedor de serviços, quando além da entrega dos recursos computacionais atua com suas habilidades para somar valor ao negócio, com consultoria técnica, garantindo a disponibilidade, a capacidade, os níveis de serviço acordado etc.
  • Um parceiro estratégico, quando além de fornecer tecnologia e serviços, mantém relação direta com as intenções estratégicas da empresa para conduzir suas ações de gerenciamento.
Se a sua TI está nos dois primeiros casos, as suas atividades são de gerenciamento. Ou seja, você gerencia a entrega e o suporte ao recursos e serviços (disponibilidade, capacidade, configurações, o financeiro, o nível de serviço, a resolução de problemas etc) de acordo com as diretrizes definidas para a TI. A governança ocorre a partir daí, porém, requer sintonia com a estratégia do negócio. E é aí que as coisas complicam. A visão clássica da governança defende que o alinhamento estratégico é o segredo do sucesso. No entanto, há autores, como Jeanne Ross, que dizem ser quase impossível a TI alinhar com a estratégia do negócio, isso porque as estratégias de negócio têm muitas faces e que nem sempre podem ser traduzidas em ações na TI, como, por exemplo, a definição da abrangência geográfica de um produto e o posicionamento que empresa assume em cada mercado.
 
Dessa forma, estratégias raramente ofereceriam direções suficientemente claras para o desenvolvimento de uma TI estável e de processos de negócios capacitados ao atingimento dos objetivos. Seja como for sua linha de concordância, o que importa até aqui é saber que a governança abrange uma sintonia mais fina com o negócio do que a mantida pelo gerenciamento. Daí fica até mais fácil compreender os domínios da ITIL e do COBIT. E agora, você já sabe o que está fazendo? Gerenciamento ou Governança?
Cleber Sousa

Comentários

Deixe uma resposta