Gestão Estratégica

Uma forma simples e eficiente de Liderar

Liderar não é nenhum bicho de sete cabeças, como também não existe nenhuma fórmula mágica para uma liderança eficiente e eficaz. O mercado está cada vez mais exigindo profissionais com capacidade de liderança. Será que você está preparado para ocupar este cargo?

No ambiente corporativo, sempre nos deparamos com uma pessoa que se destaca por suas habilidades técnicas e conhecimentos específicos. Porém, estes requisitos já não são suficientes para preencher uma vaga de liderança em uma equipe de TI, ou qualquer outra área. Devemos, também, saber diferenciar Gerente de Líder. Nem todos os gerentes tem a capacidade de liderar, assim como nem todo líder precisa necessariamente ser um gerente. Um gerente se preocupa mais em delegar tarefas, ao invés de se preocupar com a execução e resultado dos processos. Diferente de um líder, que tem características mais pessoais, que vão além de títulos e cargos, ele se compromete com o projeto e participa ativamente do mesmo, integrando a equipe.

Para ganhar confiança no ambiente corporativo, ter talento, trabalhar duro e estudar até de madrugada, não é mais suficiente. O bom líder precisa saber ouvir, criar um bom relacionamento com a diretoria, usuários internos e parceiros da organização; ser transparente e respeitoso para com os mesmos e falar de forma que todos possam compreender a mensagem transmitida. Motive sua equipe, estimule o crescimento profissional deles, dê livre acesso – de forma cautelosa, claro – tanto para opinar quanto para executar determinadas tarefas, mas sempre interagindo e contribuindo com a elaboração e execução dos projetos. Mesmo porque uma equipe de TI é movida pelos projetos, e não pelas vendas em si. A postura executiva também é sempre bem vinda, possibilitando ter uma ampla visão empresarial, integrada de negócios, equilíbrio emocional e rapidez na tomada de decisões.

Portando, o segredo para uma liderança eficiente é Servir, fornecendo recursos e colaborando com os liderados, inspirando-os a darem o melhor de si, contribuindo para o resultado final da organização. “Liderança em TI requer confiança e paixão” – Julie Morh1, especialista norte-americana. Assim, sua equipe não só poderá criar um clima harmonioso no ambiente de trabalho, como também poderá identificar com maior facilidade as falhas e soluções, buscando a máxima eficiência.

Referencias

  1. Fonte: Portal Administradores  
Renato Cunha

Deixe uma resposta