Eventos Processos e negócios Projeto

Quem é e o que faz o analista de negócios?

O dia a dia das empresas é recheado de desafios que colocam em jogo sua eficiência e, mais importante que tudo, seu modelo de negócios. Muitos desses desafios são mudanças que se apresentam no ambiente externo da organização e que geram a necessidade de inúmeras transformações controladas em seu ambiente interno.

Além do mais, a mudança, nos tempos atuais, deixa de ocorrer em ciclos para acontecer de forma contínua. E isso exige das organizações o desenvolvimento de sua business agility, ou seja, sua capacidade de reagir de forma fluida as mudanças.

Reagir, porém, não significa lutar contra as mudanças. Mas entender como a mudança impacta o negócio e como a organização pode melhor se adaptar a ela para continuar a sobreviver nesse cada vez mais turbulento e impiedoso mercado.

Nos últimos anos a profissão de analista de negócios tem conquistado grande relevância em um contexto em que as organizações se vêem desafiadas a lidar com um número cada vez maior de demandas.

Essas crescentes demandas, que hoje atolam as organizações, são uma consequência visível dessas constantes mudanças que desafiam a estratégia corporativa e todo e qualquer esforço de conduzir o negócio.

A importância do Analista de Negócios

E, para lidar de maneira eficaz com essas mudanças, de forma a entender todo o seu espectro, entendendo seu contexto e pessoas impactadas, assim como a melhor maneira de atendê-las, faz-se necessário que as organizações dediquem uma atenção especial a forma como atendem a cada uma dessas necessidades.

É nesse cenário que o profissional de análise de negócios se faz necessário. Não só por sua capacidade de entender e visualizar o negócio de ponta a ponta, mas por sua hábil capacidade de recomendar o que precisa ser feito.

O analista de negócios é o profissional que entende o negócio com uma visão que transcende os silos organizacionais. Essa capacidade o permite enxergar o todo de forma a entender as especificidades de cada componente do jogo corporativo. Por exemplo, é capaz de entender que, para atender certas demandas, é preciso não só lidar com as políticas, mas também lidar com a politicagem.

Esse profissional investiga em profundidade a natureza do problema com o objetivo de entender as dores das partes interessadas. Ao entender as dores, pode, então, compreender a real necessidade do negócio. Isto significa ir muito além dos desejos evidentes que as pessoas facilmente revelam.

O que faz o Analista de Negócios

Para atender as necessidades do negócio e das partes interessadas nele, o analista de negócios identifica como cada pessoa é impactada. Entende que diferentes personagens possuem diferentes graus de poder e influência.

Ao recomendar o que precisa ser feito para atender as necessidades do negócio, o analista de negócios aponta os custos, justificativas e benefícios que o negócio vai ter com aquela solução. Ao dar sinal verde para a criação da solução, um ou mais projetos são executados.

Durante a construção da solução, seja ela um processo, sistema de informação ou qualquer outro item que venha atender as demandas da organização, esse profissional fornece insumos para o time de implementação de maneira que este possa direcionar a construção da solução que realmente satisfaz às necessidades declaradas.

Com a solução em produção o analista de negócios monitora constantemente se esta continua a entregar valor. Será que a solução, agora em produção, precisa de algum ajuste? Continua a atender as necessidades do negócio? Precisa ser substituída? Todas essas são decisões que o analista de negócios facilita para que a organização possa continuar a usufruir dos benefícios defendidos na concepção da solução.

Benefícios

Mais do que um papel, a análise de negócios pode e, deve ser vista, como uma competência que deve ser desenvolvida por vários profissionais. Assim como acontece com o gerenciamento de projetos, a análise de negócios é de vital relevância no processo de melhoria contínua do negócio.

Sendo assim, podemos apontar vários benefícios que a organizam obtém ao possuir profissionais dedicados a entender os problemas e as oportunidades que se apresentam. Dentre tantos, destaco uma maior assertividade da organização na oferta de produtos e serviços relevantes para o mercado.

Se você achou interessante e pensa em ser um analista de negócios, não deixe de conferir o próximo artigo – O que preciso fazer para começar na profissão de Analista de Negócios?

Até lá!

Quer saber mais?

Dia 25/04 às 20h

Webinar Quem é e o que faz o analista de negócios!

Apresentação Marcelo Neves

Vale 1 PDU (Estratégico)

Eventbrite - Webinar: Quem é e o que faz um analista de negócios?

Marcelo Neves

Deixe uma resposta