Os 5 passos essenciais para obter a certificação PMP (Project Management Professional).

Acredito que todos nós podemos e devemos aprender com a experiência de outras pessoas e por isso, neste artigo vou passar como foi a minha experiência e planejamento de estudos para conseguir a tão desejada certificação PMP.

Encarei minha certificação como um “projeto” e para isso elaborei um planejamento com um cronograma de estudos bem definido e uma data de entrega, ou seja, o fim do projeto, que foi o agendamento do exame da certificação PMP.

Para ajudar quem ainda não fez a certificação e não sabe muito bem por onde começar e qual caminho seguir, elaborei 5 passos essenciais, os quais eu segui para obter a minha aprovação no exame da certificação PMP.

Passo 1- A escolha do curso preparatório para a certificação PMP.

Pesquisei bastante antes de escolher um centro de treinamento para realizar o meu curso, pois existiam muitas opções. Antes de fechar, olhei os materiais utilizados nos cursos, benefícios, garantias, custos e formas de pagamento. Só depois dessa pesquisa, escolhi o centro de treinamento para fazer o meu curso preparatório.

DICA: certifique-se que o centro de treinamento é um REP (Registered Education Provider), ou seja, um centro autorizado e reconhecido pelo PMI (Project Management Institute).

Passo 2- A escolha do material de estudo.

Cuidado para não perder o foco na hora de escolher o material, pois são muitas as opções de livros, cursos, blogs e sites na internet oferecendo tudo sobre a certificação PMP e por isso você deve escolher no máximo 3 livros, caso contrário vai comprar vários livros e não irá ter tempo para ler todos eles.

Quando me preparei para o exame PMP, utilizei os materiais abaixo:

  • Material do curso preparatório, que tinha apostilas e simulados.
  • Guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge).
  • Livro da Rita Mulcahy preparatório PMP.
  • Simulado FASTrack.

Com certeza o material acima é o suficiente para você estudar e passar no exame, apenas certifique-se que todos os materiais estão atualizados e são compatíveis com a última versão do exame PMP.

Seja objetivo, você não precisa estudar tudo na internet e nem ler todos os livros preparatórios para a certificação PMP que encontrar pela frente.

DICA: não fique na internet procurando materiais e simulados, pois vai perder o seu tempo e muitas vezes irá encontrar materiais com erros, baixa qualidade, etc.

Passo 3- Elaborando o planejamento de estudos.

Muitas pessoas tiram 1 mês de férias para estudar, outras ficam 3 meses, 6 meses ou até mesmo 1 ano estudando e as vezes nem fazem o exame por medo de ser reprovado.

No meu caso, fiz o curso preparatório de 80 horas e em seguida fiz o planejamento de estudos abaixo para 3 meses e logo após fiz o exame com sucesso.

  • Assim que terminei o curso preparatório do PMP, fiz todos os simulados do FASTrack (aproximadamente 1600 perguntas na versão que eu utilizei na época) apenas com o que eu tinha aprendido no curso para verificar como estava meu nível de conhecimento e anotei todos os meus resultados.
  • Após ter feito o simulado pela primeira vez, fui ler todo o Guia PMBOK, focando nos resultados do simulado FASTrack, ou seja, prestando atenção nas áreas de conhecimento que eu não tinha obtido uma boa pontuação. Além disso, sublinhava tudo que era importante e fazia anotações relevantes.
  • Quando terminei a leitura do PMBOK, fui estudar o livro da Rita Mulcahy e mais uma vez sublinhei tudo que achava importante e fiz anotações relevantes.
  • Nesse ponto, como um conhecimento muito maior, refiz pela segunda vez todos os simulados FASTrack e comparei com o primeiro resultado. A evolução foi muito significativa! Me senti bem mais seguro, porém ainda não totalmente preparado para fazer o exame PMP! Normal, todos tem a mesma sensação!
  • Porém, feito isto, estava quase pronto para fazer o exame, o próximo passo foi revisar os pontos sublinhados importantes e as anotações que eu fiz.
  • Após a revisão, fiz pela terceira vez todos os simulados FASTrack e comparei os três resultados. Nesse ponto, pude ver claramente a evolução de acertos do primeiro para o terceiro simulado. Eu já estava acertando cerca de 90% do simulado.
  • Com o resultado do último simulado, revisei algumas questões que eu tinha dúvida e fui fazer o exame.

DICA: não existe uma “fórmula mágica” para se preparar para o exame de certificação PMP, porém três coisas são fundamentais: o planejamento, o foco e a disciplina para atingir o objetivo, que é a aprovação no exame PMP. Cada um tem o seu tempo e forma de estudar e se preparar. Ache o formato mais adequado ao seu perfil e contexto de vida.

Passo 4- A hora da elegibilidade para o exame PMP.

Geralmente a primeira coisa que as pessoas fazem é a elegibilidade, o que eu considero um erro, pois já vi muitas pessoas perdendo a validade de 1 ano e tendo que refazer novamente a elegibilidade, simplesmente porque perderam o foco nos estudos ou surgiram no meio do caminho outras prioridades.

Então qual é o melhor momento para fazer a elegibilidade para o exame PMP?

Eu fiz minha elegibilidade ao final do meu curso preparatório, quando estava fazendo meu planejamento de estudos, pois a entrega do meu “projeto” era realizar o exame de certificação PMP e para isso eu precisava agendar a prova.

E o que eu preciso para fazer a elegibilidade?

No site do pmi.org você encontrará o manual PMP Credential Handbook com 59 páginas que explica com todos os detalhes como fazer sua elegibilidade, como pagar a taxa do exame, como funciona o processo de auditoria, bem como o programa renovação da certificação PMP, o Continuing Certification Requirements (CCR).

DICA: não deixe para agendar o exame quando achar que você está preparado, pois você “nunca” estará preparado! Faça o seu planejamento de estudos e agende o exame, assim você terá um motivo para estudar e seguir o seu planejamento.

Passo 5- O agendamento do exame PMP.

O agendamento do exame PMP pode ser realizado após a aprovação da sua elegibilidade e como explicado no passo anterior (4), no manual PMP Credential Handbook você encontrará todas as instruções para fazer o agendamento do exame.

DICA: o valor do exame é US$405 para membros do PMI ou US$555 para os que não são membros. É aconselhável você se tornar membro antes de fazer o agendamento do exame, pois o valor do exame para membros mais o valor da filiação é igual ao valor do exame para os que não são membros do PMI.

Resumindo, esses são os 5 passos para você realizar seu exame de certificação PMP.

Bom, nesse ponto você já passou no exame e é um PMP e a partir de agora precisa ganhar PDU´s (Professional Developed Units) para renovar sua certificação, certo? Errado!!! Se você leu este artigo até aqui, significa que você ainda não fez o exame, e por isso, não se preocupe com a renovação do seu certificado PMP neste momento, primeiro passe no exame! Deixe esse assunto para se preocupar depois!

Não tenha medo de fazer o exame, é muito conteúdo para estudar e você sempre irá ter a sensação que nunca vai estar pronto, isso acontece com quase todo mundo, não se preocupe, siga o seu planejamento, tenha foco e disciplina que com certeza você irá conseguir sua certificação PMP!

Acredite em você!

Um forte abraço e Boa Sorte!

Comentários

comentarios

Fábio Mourão
na