Gestão Estratégica

Introdução à Gestão Estratégica: Em busca do Sucesso Organizacional

Olá prezado leitor, começo de ano sempre gera novos desejos, rumos, decisões, planos… não é mesmo? Pensando nisso, é que resolvi iniciar o ano com uma nova Série de artigos, com o intuito de fornecer uma melhor perspectiva sobre como implementar e gerenciar estas novas mudanças. Falaremos sobre um conceito que tem sido muito questionando e aplicado nas organizações modernas: Gestão Estratégica. Trata-se de um processo de transformação organizacional, que conta com a colaboração de todos os departamentos – desde o nível estratégico ao operacional – da organização. Este assunto poderia render longas páginas de alguns livros, pois, tal questão pode abranger muitos fatores e determinar o futuro da organização. Por isso, quero deixar claro que estamos falando de uma introdução e trataremos apenas de alguns pontos específicos da Gestão Estratégica.

Planejamento Estratégico

Imagine que a sua empresa, ou a empresa em que você atua, resolva expandir sua Infraestrutura de Datacenter, visando suprir a grande demanda de informações advindas do mercado global, a fim de mensurar os dados relevantes dos clientes para uma nova abordagem. Para isso, além de recursos financeiros para aquisições de Hardwares, Softwares e Serviços, a empresa precisaria investir também em Capacitação, para que seus colaboradores possam acompanhar esta evolução, aplicando os novos recursos e conhecimentos. Você acredita que tudo isso seria possível sem responder algumas perguntas úteis para a formulação de um Planejamento Estratégico, como:

  • Por onde, quando e como começar?
  • Como monitorar, controlar e preparar o pessoal durante a execução?
  • Depois de implementado a nova solução, o que, quem e como fazer?
  • Quais os objetivos e qual a missão da organização?

Sem o planejamento adequado, provavelmente estes e outros questionamentos deixariam de ser respondidos, tornando o projeto, apenas mais um passo, sem o rumo adequado e – muito provavelmente – sem o sucesso esperado. A esta altura, a Missão, Visão, Valores e Objetivo… O que são mesmo?

Este é um ponto que nenhum administrador gostaria de ver a organização: perdida em meio ao crescimento não planejado. Daí para frente, são grandes os riscos para que a mesma comece a declinar, se não for tomado nenhum novo plano de ação. Existem 4 pontos introdutórios para uma gestão estratégica bem aplicada. São eles:

Missão: é a busca pelo objetivo principal da organização. Traduz a finalidade da empresa, definindo suas estratégias gerais. Missão é o caminho, o plano que a organização almeja percorrer para o alcance dos seus Objetivos. Esta definição pode ser a resposta da pergunta: “Estou no mercado para quê?” 1.

Visão: é o estado futuro desejado e alinhado com as aspirações das organizações. É aonde pretende ir e estar daqui um determinado tempo. Enquanto a Missão é o topo do objetivo organizacional, a Visão é o local aonde gostaria de estar quando atingir este topo, com alguma satisfação. É a resposta do questionamento: “Para onde a organização pretende ir?” 2.

Valores: é o conjunto de sentimentos e princípios que estruturam, ou pretendem estruturar, a cultura e práticas organizacionais. Podemos, de forma individual, comparar aos valores éticos, pessoais e morais; o mesmo vale para as organizações agregando-os à Missão e a Visão, de uma forma mais elaborada, como às crenças e políticas organizacionais. Conforme foi definido por Costa: “os valores são características, virtudes, qualidades da organização que podem ser objetivo de avaliação” 3.

Objetivo: traduz os resultados essenciais, ou até mesmo ambições, que as organizações desejam; através do cumprimento da sua Missão, atingindo sua Visão e mantendo seus Valores.

A Estratégia é baseada nas definições acima, pela administração superior (nível estratégico) e executada por meio dos processos/projetos, por todos os colaboradores envolvidos e que devem estar cientes da Missão, Visão, Valores e Objetivos, para que possam entender como as premissas poderão fazer parte do ambiente corporativo em seu dia a dia. Porém, uma mudança pode nem sempre ser bem vinda por alguns, por isso, devemos ter em mente a definição de Maquiavel:

Não existe nada mais difícil de fazer, nada mais perigoso de conduzir, ou de êxito mais incerto do que tomar a iniciativa de introduzir uma nova ordem de coisas, porque a inovação tem inimigos em todos aqueles que se têm saído bem sob as condições antigas e defensores não muito entusiásticos entre aqueles que poderiam sair-se bem na nova ordem das coisas.

Em outras palavras, o Planejamento Estratégico é um processo gerencial que visa formular objetivos para a seleção de planos de ação e para sua execução, levando em consideração o ambiente na qual a organização está inserida e um método de preparar o pessoal para aceitarem e executarem esta nova estratégia. Convém, antes de mais nada, fazer uma análise ambiental.

Análise de Ambiente – Externo e Interno

Até o momento, podemos perceber que a Gestão Estratégica sugere uma transformação na organização, de forma a alavancar seu negócios, trazendo resultados positivos para todos os envolvidos. Porém, o início desta transformação exige uma análise ambiental, que nada mais é do que verificar as forças e fraquezas no ambiente interno e as oportunidades e ameaças do ambiente externo. Parece familiar para você? Sim, estamos falando da Análise SWOT:

Análise SWOT é um sistema que pode proporcionar uma visão para a posição estratégica da empresa. A técnica é creditada a Albert Humphrey, que liderou um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford nas décadas de 1960 e 1970, usando dados da revista Fortune das 500 maiores corporações4.

AnaliseSWOT_thumb.jpg

Antever as mudanças do mercado e conhecer a situação atual da organização, proporciona grandes chances de um ótimo planejamento. É necessário ter uma visão holística, ou seja, poder ver a organização como um todo, tanto no ambiente interno, como no ambiente externo.

Espero que neste primeiro artigo, você possa ter tido uma boa perspectiva sobre a Gestão Estratégica. No próximo artigo falaremos sobre a diferença entre Gestão Estratégica e Planejamento Estratégico. Participe deixando sua opinião, ela será muito útil para melhorar nossos artigos e atingir a satisfação dos nossos leitores. Até a próxima!

Referencias:

  1. Wikipédia, Missão. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Miss%C3%A3o_(marketing)  
  2. Wikipédia, Planejamento Estratégico. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Planejamento_estrategico  
  3. Costa, Eliezer Arantes da Costa. Gestão Estratégica – Da empresa que temos para a empresa que queremos – 2ª Ed. São Paulo, Editora Saraiva, 2007, página 38  
  4. Wikipédia, Análise SWOT. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT  
Renato Cunha

Deixe uma resposta