Projeto Responsabilidade Social

Inicio de ano, que tal imprimir sua casa?

Olá, tudo bem? Como passou o fim de ano?

No ano novo geralmente algumas pessoas fazem promessas e estabelecem metas, algumas metas podem ser desde trocar de empresa até mesmo uma nova casa, mas que tal fazer isso de maneira sustentável?

Que tal imprimir sua casa? E melhor em 24 horas?

Navegando pelo site de inovações do MSN UK”1 e encontrei a impressora 3D que pode construir uma casa em 24 horas essa impressora 3D imprime com um revolucionário concreto e pode construir uma casa em camadas de 2.500 metros quadrados em um único dia. Vou adaptar o texto deles com algumas ideias que podem ser úteis nas áreas de projetos, responsabilidade social e sustentabilidade, espero que gostem.

A Universidade do Sul da Califórnia está testando uma impressora 3D gigante que poderia ser usada para construir uma casa inteira em menos de 24 horas.

Professor Behrokh Khoshnevis projetou o robô gigante que substitui trabalhadores da construção civil com um bico em um pórtico, este esguicha concreto e pode rapidamente construir uma casa de acordo com um padrão de computador. Ele é “basicamente ampliação de impressão 3D para a escala de construção, diz Khoshnevis. A tecnologia, conhecida como Contour Crafting2 (Construção por Contornos) e poderia revolucionar a indústria de construção.

A casa a preços acessíveis?

O Contour Crafting poderia reduzir o custo da casa-própria, tornando possível para milhares de pessoas realizar o sonho de ter sua propriedade. Poderia até mesmo ser usado em áreas de ajuda humanitária de emergência para construir lotes inteiros em áreas devastadas por tsunamis, deslizamentos, terremotos, entre outros tipos de desastres. Por exemplo, depois de um evento como o Tufão Haiyan, nas Filipinas3, que deslocou cerca de 600.000 pessoas, o Contour Crafting poderia ser usado para construir casas de reposição rapidamente.

Ela poderia ser usada para criar abrigos de alta qualidade para as pessoas que vivem atualmente em condições desesperadoras. “No alvorecer do século 21 as favelas são a condição de abrigo para cerca de um bilhão de pessoas em nosso mundo”, diz Khoshnevis. “Estes edifícios são terreno fértil para a doença um problema de construção convencional, que é lento, trabalhoso e ineficiente.”

Como Khoshnevis aponta, se você olhar ao seu redor praticamente tudo é feito automaticamente nos dias de hoje – “os seus sapatos, suas roupas, eletrodomésticos, o seu carro. A única coisa que ainda é construída à mão são esses edifícios.”

Robo de impressão 3D - Contour Crafting©

Como Contour Crafting trabalha?

O sistema Contour Crafting4 é um robô que automatiza ferramentas antigas normalmente utilizadas à mão. Estes são exercido por um pórtico robótico que constrói um objeto tridimensional.

“Em uma última análise, ele iria trabalhar como este” – diz Brad Lemley da Discover Magazine. “Em um local limpo e nivelado, os trabalhadores instalam dois trilhos poucos metros mais distantes do que a largura do edifício e um controlador por computador Contour Crafting iria assumir a partir daí. Um guindaste de tipo pórtico com um bico de enforcamento e um braço de componentes de colocação iria viajar ao longo dos trilhos. O bico iria cuspir concreto em camadas para criar paredes ocas, e, em seguida, preencher as paredes com concreto adicional … seres humanos iriam colocar as portas e colocar as janelas”.

Robo de impressão 3D - Contour Crafting©

“É uma solução CAD/CAM”, diz Khoshnevis. Os edifícios são “projetados no computador e construídoS por um computador”. O Contour Crafting espera criar “bairros inteiros construídos por uma fração do custo, em uma fração do tempo, com muito mais segurança, e com flexibilidade de arquitetura que não tem precedentes.”

A solução Contour Crafting também produz estruturas muito mais fortes do que os métodos tradicionais de construção. De acordo com a Contour Crafting a parede testada suporta uma força de 10.000 PSI (libras por polegada quadrada) em comparação com uma média de 3.000 PSI para uma parede regular.

Parede de Teste - Contour Crafting©

O sistema poderia ser usado para construir blocos de escritórios grandes e até mesmo blocos de edifícios. “Você pode ter várias máquinas e até mesmo ter a estrutura para escalar o prédio”, diz Khoshnevis. A animação à baixo mostra como uma casa é construída usando a técnica de Contour Crafting.

Será que todos os edifícios futuros terão a mesma aparência?

Uma preocupação com contorno trabalhado nas casas é que todos eles têm a mesma aparência. A entorpecente duplicação era uma crítica fundamental das propriedades suburbanas (Americanas) da década de 1950, ainda que também trouxe uma habitação de boa qualidade para milhões de pessoas. Será que casas feitas pelo robô terão o mesmo problema, cuspindo a duplicação infinita do mesmo modelo básico?

“Eles não seriam tão homogêneos como os subúrbios”, diz Khoshnevis, porque “todos as  Construções Contornadas podem ser diferentes. Eles não tem que parecer iguais, porque tudo que você tem a fazer é mudar um programa de computador para obter uma casa completamente diferente.”

Como os edifícios são impressos com um bico, eles também podem ser muito mais criativos do que as construções atuais. “As paredes podem ser curvadas”, diz Khoshnevis e “você pode ter características arquitetônicas muito exóticas, sem incorrer em custos adicionais.”

Braço Robótico - Contour Crafting©

Será que os construtores não terão mais trabalho?

Quais são as implicações para os construtores que naturalmente tem uma grande preocupação? A construção civil em grande parte escapou da automação da linha de construção de outras indústrias e permanece com solidez de empregos para milhões no mundo todo. De acordo com a Organização Internacional do Trabalho5 a área de construção emprega cerca de 110 milhões de pessoas no mundo e “desempenha um papel importante na luta contra os altos níveis de desemprego e na absorção de trabalho excedente das áreas rurais.”

Com o Contour Crafting a quantidade de trabalhadores numa obra poderia se tornar redundante, o que levanta a questão de saber se o sistema poderia fazer mais mal do que bem.

Novos Pedreiros - Contour Crafting©

“Há preocupação com as pessoas perdendo seus empregos na construção civil”, diz Khoshnevis mas “a realidade é que uma grande quantidade de novos postos de trabalho podem ser criados neste setor também.” Khoshnevis nos lembra que em 1900 quase 62% de todos os americanos eram agricultores, ao passo que hoje menos de 1,5% estão na área agrícola, graças ao avanço da tecnologia. “O mesmo será verdade na construção civil”. Ele ainda argumenta que “A construção é um trabalho perigoso”, e ressalta que “é mais perigosa do que a mineração e a agricultura”. Ele mata 10.000 pessoas por ano por causa de todas as diferentes estruturas comerciais e gerências, o processo é bastante propenso a corrupção. É tudo muito caro e sempre acima do orçamento.”

Quando veremos estes construtores robóticos?

Será que o robô de Contour Crafting sairá do ambiente de pesquisa para o mundo real? “Khoshnevis é um inventor prolífico”, diz Brad Lemley “que emigrou do Irã em 1974 e detém patentes em áreas que vão da óptica à robótica e decidiu que tinha que haver uma maneira melhor de viver enquanto enxugava rachaduras gesso em sua sala após o terremoto de Northridge Califórnia de 19946.”

“Se você pode construir uma parede, você pode construir uma casa”, diz Khoshnevis. Mas a Contour Crafting foi nomeada uma das 25 melhores invenções de 2006 pela Câmara Nacional de Inventores da Fama e o programa Modern Marvels do History Channel e ainda está sendo testada.

A pesquisa atual está sendo financiado pela Nasa, juntamente com o instituto Cal-Terra. O desenvolvimento futuro para o Contour Crafting é investigar a construção de estruturas civis modernas, juntamente com a construção de estruturas na lua. De acordo com a Contour Crafting estas estruturas incluem almofadas de pouso, estradas, cabides e paredes de radiação.

O Deserto de Estudos Pesquisa e Tecnologia da Nasa (D-RATS) está investigando elementos de infraestrutura, a fim de avaliar a viabilidade de se adaptar e utilizar a tecnologia Contour Crafting para aplicação extraterrestre.

“Esta tecnologia é como uma pedra que já rolou para o topo de um penhasco”, disse Khoshnevis Discover Magazine – “apenas um pequeno empurrão e a ideia vai rolar por conta própria.”

E você o que pensa sobre esse assunto? Quais são suas opiniões sobre este projeto?

Referencias

Coimbra, PMP on FacebookCoimbra, PMP on LinkedinCoimbra, PMP on TwitterCoimbra, PMP on Youtube
Coimbra, PMP

CEO do portal, apaixonado por gestão de projetos, metodologias, minha família, professor, consultor, certificado PMP, Six Sigma White Belt.


Comentários

Deixe uma resposta