Carreira Certificação PMI Projeto

Guia PMBOK 6° edição saiba tudo aqui

O Guia PMBOK® chegou na sua nova edição, a 6° até o momento, vamos ver aqui tudo o que mudou, e claro o que você deve saber antes de fazer a prova de certificação.

First things First!

Antes de mais nada não se fala Pmbok, PMBook, PMBoK – de acordo com o PMI® o termo utilizado é Guia PMBOK® – Isso mesmo, TUDO EM CAIXA ALTA. Informe seu amiguinho caso ele estiver postando algo diferente disso.

Qual foi a evolução do Guia PMBOK®?

Quando o Guia PMBOK® 6° edição será lançado?

De acordo com o PMI, a versão final está prevista para o terceiro trimestre de 2017 (Julho ~ Setembro de 2017)

Quando o exame PMP mudará?

O exame PMP é amplamente baseado no conteúdo encontrado no Guia PMBOK® . A troca de exame da versão 5 para 6 está agendada para acontecer no primeiro trimestre de 2018

Diferenças entre Guia, Padrão e Metodologia

Guia (Guide)

Compêndio descritivo de práticas de gestão de projetos consideradas como validas e aplicáveis ao paradigma. Ex. Guia PMBOK®

Padrão (Standard)

Diretrizes, regras e procedimentos (descritivo e/ou prescritivo) que devem ser observados no paradigma. Ex. ABNT NBR ISO 21500:2012

Metodologia (Methodology)

Uma abordagem prescritiva de iniciar, planejar e executar um projeto ao longo de ciclo de vida. Ex. PRINCE2™

Quais são as principais mudanças que ocorrerão?

Novas estruturas organizacionais

Guia PMBOK® 5° Edição

Guia PMBOK® 6° Edição

Funcional Funcional
Matricial Matricial
Projetizada Projetizada
Orgânica
Multidivisional
Virtual
Híbrida

Agile e outras práticas iterativas

Como era de se esperar esta versão  trará novos conteúdos para enfatizar a importância e a relevância das práticas ágeis e outras práticas iterativas.

Diferente das edições anteriores, o Guia PMBOK® 6° Edição conterá inúmeras referências a práticas adaptativas e iterativas, incluindo ágil. Essa decisão foi tomada em resposta aos pedidos das partes interessadas do PMI. Este conteúdo incluirá:

  • As práticas frequentemente usadas em um ambiente adaptativo na frente de cada seção Área de Conhecimento (Seções 4-13).
  • Um apêndice Agile ao Padrão para Gerenciamento de Projetos em práticas ágeis e outras práticas iterativas em todas as áreas de conhecimento.
  • Detalhamento de como cada área de conhecimento estará associada, integrada, beneficiada pela utilização da abordagem “Agile”
  • Inclusão do ciclo de vida Híbrido

PMI Talent Triangle™

O novo Triangulo de talentos PMI™ fará parte considerável no Guia PMBOK®, o guia conterá um novo capítulo sobre o papel do gerente de projeto que discute o Triangulo de talentos PMI™ e as organizações de habilidades que as organizações exigem que tornem os gerentes de projetos mais competitivos e relevantes – Conhecimentos técnicos, liderança e estratégia e gestão de negócios.

Para tratar os itens do triangulo O papel e as competências do gerente de projeto será o novo Capítulo 3.

Ênfase ao conhecimento “Estratégia e gestão de negócios

  • Project business case
  • Benefits management plan
  • Termo de abertura do projeto
  • Plano de gerenciamento de projetos

Aconselhamos que você verifique nossa página de Webinares e o Canal Projetos e TI no Youtube para que além de garantir PDUs, esteja alinhado com o Triangulo de talentos PMI™ e o mercado de trabalho, além de webinares a Projetos e TI oferece cursos in-company na região de Ribeirão Preto.

Realinhamento de capítulos

Os capítulos iniciais de 1 a 3 no Guia PMBOK® 5° edição, passam a ser um único capítulo no Guia PMBOK® 6° Edição, com o nome: Fundamentos.

Conceitos de novas seções para cada área de conhecimento

Muitos dos principais conceitos abordados nos três primeiros capítulos do guia PMBOK® são cobertos, de forma abreviada, na Seção I do Padrão. A Seção II da Norma contém uma descrição dos processos de gerenciamento de projetos, organizados pelo grupo de processos, juntamente com seus principais benefícios, entradas e saídas.

  • Conceitos-chave
  • Considerações de adaptação (tailoring) – Aspectos do Projeto ou do ambiente.
  • Ferramentas e técnicas
  • Abordagens para ambientes ágeis, iterativos e adaptáveis

Lições aprendidas

“Registro de lições aprendidas como nova ITTO:
O novo Registro de lições aprendidas agora é parte do conjunto de ITTOs. Os gerentes de projeto agora serão encorajados a atualizar com frequência (não apenas no final do projeto). As atualizações podem ser feitas a qualquer momento ao longo do projeto, especialmente no final das fases do projeto.

Foco da nova edição

  • Componentes do plano do projeto,
  • Exemplos de documentos do projeto,
  • Atualizações de documentos do projeto

Entradas e saídas simplificadas :

  • Uma tabela para cada processo: ex.: “Coletar requisitos”

“Plano do projeto” será a entrada

  • Plano de gerenciamento de escopo
  • Plano de gerenciamento de requisitos
  • Plano de gerenciamento das partes interessadas

“Plano do projeto atualizado”será a saída

  • Plano de gerenciamento de escopo atualizado
  • Plano de gerenciamento de requisitos atualizado
  • Plano de gerenciamento das partes interessadas atualizado

Observe as seguintes alterações nos componentes do plano de gerenciamento do projeto e nos documentos do projeto:

  • Os componentes do plano de gerenciamento de projeto que são entradas para um processo, ou que são atualizados como saídas de um processo, não estão listados individualmente nas entradas ou saídas. Em vez disso, o plano de gerenciamento do projeto é o input e as atualizações do plano de gerenciamento de projetos são a saída.
  • Sob a tabela de entrada / saída, é identificada uma lista de componentes potenciais do plano de gerenciamento de projetos. No entanto, os componentes do plano de gerenciamento de projetos que serão insumos ou atualizados dependerão das necessidades do projeto.
  • Os documentos do projeto são listados como uma entrada e as atualizações dos documentos do projeto são listadas como um resultado, conforme apropriado. Sob a tabela de entrada / saída, há uma lista de documentos de projeto potenciais que podem ser entradas ou podem ser atualizadas como uma saída. As necessidades do projeto determinarão os documentos reais do projeto que devem ser entradas ou atualizados como um resultado.

Processos; Grupos de Processo e Áreas de Conhecimento

Os Grupos de Processo permanecem os mesmos na Sexta Edição, embora duas áreas de conhecimento tenham novos nomes :

Guia PMBOK® 5° Edição

Guia PMBOK® 6° Edição

Contempla

Gerenciamento do Tempo Gerenciamento do Cronograma Alinhamento com o “Practice Standard for Scheduling” (PMI®)
Gerenciamento de Recursos Humanos Gerenciamento de Recursos Pessoas, materiais e equipamentos

Gerenciamento do tempo do projeto agora é Gerenciamento do cronograma, enfatizando a importância do agendamento no gerenciamento de projetos. Isso se alinha ao padrão “Practice Standard for Scheduling” do PMI®. E o Gerenciamento de Recursos Humanos do Projeto é agora Gerenciamento de Recursos do Projeto . Discutimos recursos de equipe e recursos físicos nos processos desta Área de Conhecimento.

Existem três novos processos na Sexta Edição:

Processo

Grupo de Processos

Área de conhecimento

Gerenciar o Conhecimento do Projeto Execução Gerenciamento da Integração do Projeto
Implementar Respostas aos Riscos Execução Gerenciamento de Riscos do Projeto
Controlar Recursos Monitoramento e Controle Gerenciamento de Recursos
  • Gerenciar o conhecimento do projeto faz parte do grupo de processo de execução e da área de conhecimento do Gerenciamento de Integração de Projetos.
  • Implementar respostas de risco faz parte do grupo de processo de execução e da área de conhecimento do gerenciamento de risco de projeto.
  • Controlar recursos fazem parte do Grupo de Processo de Monitoramento e Controle e área de conhecimento do Gerenciamento de Recursos do Projeto.

O processo Estimar Recursos da Atividades ainda faz parte do Grupo de Processo de Planejamento, mas foi remanejada para de Gerenciamento de Cronograma para Gerenciamento de Recursos.

Processos excluídos

Um processo foi excluído – o processo “Encerrar Aquisições” Sua funcionalidade foi consolidada nos processos :

  • Controlar aquisições.
  • Encerrar o projeto ou fase

A pesquisa mostra que poucos gerentes de projetos têm autoridade para fechar formalmente e legalmente um contrato. Os gerentes de projeto são responsáveis ​​para determinar se o trabalho está completo, os registros indexados e arquivados e as responsabilidades transferidas apropriadamente. Assim, eles agora incluíram o trabalho associado à Encerrar Aquisições dentro dos processos acima mencionados.

Processos renomeados

Além disso, alguns processos têm nomes diferentes . Por exemplo, para alinhar com a pesquisa mostrando que o gerenciamento de projetos é mais sobre facilitar e gerenciar do que o controle, vários processos são transferidos de uma função de controle para uma função Monitor. Em outros casos, o nome do processo foi alinhado com a intenção do processo. O gráfico abaixo identifica as alterações gerais do nome.

Guia PMBOK® 5° Edição

Guia PMBOK® 6° Edição

Planejar o Gerenciamento de Recursos Humanos Planejar o Gerenciamento de Recursos
Planejar o Gerenciamento das Partes Interessadas Planejar o Engajamento das Partes Interessadas
Realizar a Garantia de Qualidade Gerenciar a Qualidade
Controlar as Comunicações Monitorar as Comunicações
Controlar Riscos Monitorar Riscos
Controlar o Gerenciamento das Partes Interessadas Monitorar o Engajamento das Partes Interessadas
Mobilizar a Equipe do Projeto Mobilizar Recursos
Desenvolver a Equipe do Projeto Desenvolver a Equipe
Gerenciar a Equipe do Projeto Gerenciar a Equipe

Alterações adicionais (até agora):

Área de Gerenciamento de Requisitos

  • Mais informações em “Coletar requisitos”
  • “Business analysis for practitioners”
  • “Requirements management

Área de Gerenciamento das Comunicações

Haverá distinção entre “Comunicação” (como na comunicação entre duas pessoas) e “Comunicações” (artefatos, como e-mails publicados).

Processamento:
O que significa analisar o projeto para determinar a quantidade de ênfase a colocar em cada processo (com base no escopo e tamanho do projeto).

“Em andamento” (execução contínua) versus “Processos não-contínuos”:

Haverá várias notações ao longo do novo PMBOK diferenciando entre processos que estão “Em andamento” (execução contínua) versus “Processos não-contínuos”. Esse conceito será enfatizado pela primeira vez no PMBOK Guide Sixth Edition.

“Escopo do Projeto versus Escopo do Produto”:
O conceito também será enfatizado pela primeira vez no Guia PMBOK® 6° edição.

“Respostas Escaladas”:
A nova estratégia, “Escalate Responses”, prevê um GP escalando um risco para a parte apropriada para que o risco não seja mais sua responsabilidade. Uma vez escalada, o GP agora terá a opção de:

  • A) Remover o risco do registro de risco do projeto, se desejar, ou
  • B) Manter o registro de risco, mas classificando-o como “Escalado / Atribuído”.

 Isto é o que sabemos sobre as próximas mudanças ainda. Podem haver mudanças adicionais até a versão final ser lançada.

Que tal conhecer com quem escreveu?

Coimbra, PMP on FacebookCoimbra, PMP on LinkedinCoimbra, PMP on TwitterCoimbra, PMP on Youtube
Coimbra, PMP
CEO do portal, apaixonado por gestão de projetos, metodologias, minha família, professor, consultor, certificado PMP, Six Sigma White Belt.

Deixe uma resposta