Gestão Estratégica: Comunicação – A chave para o Sucesso

Prezado leitor, chegamos ao último artigo da série Gestão Estratégica; onde pudemos ampliar nossos conhecimentos, através dos artigos:

  1. Introdução à Gestão Estratégica: Em busca do Sucesso Organizacional 1;
  2. Gestão Gestão Estratégica x Planejamento Estratégico: Conceitos e Diferenças2;
  3. Gestão Estratégica: Definindo o Trilema Estratégico3;
  4. Gestão Estratégica: A importância do Diagnóstico Estratégico4

Em um outro artigo, tive a oportunidade de dizer que O Sucesso Organizacional começa de dentro para fora5, e comentei sobre a importância de um bom feedback e demais atitudes que podem ser tomadas, resultando em um melhor desempenho dos colaboradores; pois, se eles estiverem satisfeitos com suas responsabilidades, certamente executarão, da melhor maneira possível, o plano estratégico; almejando o sucesso pessoal e organizacional.

Segundo Cynthia Montgomery e Michael Porter6, por meados dos anos 80, “a estratégia se tornou uma disciplina gerencial plena […] muitas das ferramentas e técnicas primitivas de planejamento estratégico foram substituídas por abordagens mais sofisticadas, mais apropriadas e fáceis de se colocar em prática”. O maior desafio de muitas organizações não é apenas construir um bom planejamento estratégico, mas sim, executá-lo! O que falta nestas organizações, talvez, possa ser a comunicação eficaz.

Comunicação Eficaz

A Comunicação Organizacional está vinculada à capacidade de desenvolver métodos, implantação de modelos e práticas gerenciais, mensuração de resultados e proposição de melhorias contínuas; trazendo efetivamente a estratégia para o dia a dia das organizações e seus colaboradores7.

Porém, toda estratégia, comunicação e capacitação, exige a mudança de ideias e paradigmas, o que – quase sempre – pode causar insegurança e confusão na cabeça dos colaboradores. Por isso, é importante que a comunicação ativa esteja atenta e preparada para lidar com estas e outras ocasiões que possam surgir.

Superar esta barreira é o que tornará a Comunicação Eficaz e, ao mesmo tempo, um desafio a ser superado, como um dos principais fatores competitivos mercadológicos. O Gestor da Comunicação (ou, da Gestão Estratégica) deve possuir uma característica de liderança corporativa, com um olhar holístico e bem atualizado a respeito das diversas tecnologias e realidades sociais; compreendendo e atuando nos diversos ambientes em que a instituição está inserida e seus departamentos.

Conclusão

Concluímos, então, que a Gestão Estratégica é fazer com que toda a estratégia da organização seja acompanhada, analisada e realinhada – mesmo que isso gere mudanças de planejamento – por meio de processos eficazes; formulando objetivos para os planos de ações, através da análise organizacional e de forma à garantir a elaboração de um bom Planejamento Estratégico.

Gerir, identificar riscos, oportunidades e apontar melhorias, faz parte da tão comentada Gestão Estratégica, que poderá obter informações relevantes para a tomada de decisão, através do Diagnóstico Estratégico, mostrando o caminho pelo qual a organização precisa percorrer, ou evitar. Enquanto que a Comunicação promove a interação da organização com os stakeholders, que afetam e/ou são afetados por suas ações. Planeja, desenvolve, implanta e monitora estratégias de comunicação, no sentido de construir relação de credibilidade da organização com a sociedade e o mercado. São fatores primordiais para o Sucesso Organizacional!

Espero que esta série de artigos tenha contribuído para o seu conhecimento e que tenha lhe proporcionado uma ampla visão sobre a Gestão Estratégica. Colabore conosco deixando sua opinião/sugestão nos comentários e falando sobre o que gostaria de ver aqui no Portal Projetos e TI.

Obrigado por estar conosco!

Comentários

comentarios

Renato Cunha
na