Escopo Integração

Desenvolver o plano de gerenciamento de projeto – Escopo

image

O desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto1 engloba diversas fases do planejamento e se relaciona à todas as áreas do gerenciamento do projeto, o Plano de gerenciamento de projeto refere-se à área de integração mas para chegar em sua plenitude devemos passar por todas as áreas de conhecimento, hoje vamos falar sobre o escopo.

Desenvolver o plano de gerenciamento de projeto é o processo de documentação das ações necessárias para definir, preparar, integrar e coordenar todos os planos auxiliares. O plano de gerenciamento do projeto torna-se a principal fonte de informações sobre como o mesmo será planejado, executado, monitorado, controlado e encerrado.

O gerenciamento do escopo do projeto inclui os processos necessários para assegurar que o projeto inclui todo o trabalho necessário, e apenas o necessário, para terminar o projeto com sucesso. Esse gerenciamento está relacionado principalmente com a definição e controle do que está e do que não está incluso no projeto. O resumo dos processos de gerenciamento do escopo do projeto, incluem:

  • Coletar os requisitos – O processo de definição e documentação das necessidades das partes interessadas para alcançar os objetivos do projeto.

  • Definir o Escopo – O processo de desenvolvimento de uma descrição detalhada do projeto e do produto.

  • Criar a Estrutura analítica de Projeto (EAP/WBS) -O processo de subdivisão das entregas e do trabalho do projeto em componentes menores e mais facilmente gerenciáveis.

  • Verificar o escopo O processo de formalização da aceitação das entregas terminadas do projeto.

  • Controlar o escopo – O processo de monitoramento do progresso do escopo do projeto e escopo do produto e gerenciamento das mudanças feitas na linha de base do escopo.

Esses processos interagem entre si e com os de outras áreas de conhecimento. Podem envolver esforços de uma ou mais pessoas, com base nas necessidades do projeto. Cada processo ocorre pelo menos uma vez em todo projeto e em uma ou mais fases do mesmo, se este for assim dividido. Embora os processos estejam aqui apresentados como componentes distintos com interfaces bem definidas, na prática eles se sobrepõem e interagem de formas não detalhadas aqui. No contexto do projeto, o termo escopo pode se referir ao:

  • Escopo do produto. As características e funções que descrevem um produto, serviço ou resultado; e/ou

  • Escopo do projeto. O trabalho que precisa ser realizado para entregar um produto, serviço ou resultado com as características e funções especificadas.

Os processos usados para gerenciar o escopo, assim como as ferramentas e técnicas de suporte, variam de acordo com a área de aplicação e normalmente são definidos como parte do ciclo de vida do projeto. A declaração detalhada aprovada do escopo do projeto e suas respectivas EAP e dicionário da EAP são a linha de base para o escopo do projeto. A linha de base do escopo é então monitorada, verificada e controlada no ciclo de vida do projeto.

Embora aqui não seja mostrado como um processo distinto, o trabalho envolvido na execução dos cinco processos de gerenciamento do escopo do projeto é precedido por um esforço de planejamento feito pela equipe de gerenciamento do projeto. Esse esforço é parte do processo Desenvolver o plano de gerenciamento do projeto, que produz um plano de gerenciamento do escopo fornecendo diretrizes sobre como o escopo do projeto será definido, documentado, verificado, gerenciado e controlado. O plano de gerenciamento do escopo pode ser formal ou informal, altamente detalhado ou conciso, dependendo das necessidades do projeto.

A conclusão do escopo do projeto é comparada ao plano de gerenciamento do projeto. A conclusão do escopo do produto é comparada aos requisitos do produto. Os processos de gerenciamento do escopo do projeto precisam estar bem integrados aos das outras áreas de conhecimento para que o trabalho resulte na entrega do escopo do produto especificado.

Referencias

  1. PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK), 4th edition. Pensilvania: PMI, 2008  
Coimbra, PMP on BehanceCoimbra, PMP on FacebookCoimbra, PMP on LinkedinCoimbra, PMP on Youtube
Coimbra, PMP
Gerente de Projetos, PMO, CEO do portal Projetos e TI, Professor de Pós/MBA e apaixonado por gestão de projetos.
Associado ao PMI
Associado ao IPMA

Deixe seu comentário