Certificação

Como tirei minha certificação PMP

Hoje irei compartilhar minha experiência e lições aprendidas na minha preparação para certificação PMP pelo PMI.

Acompanho em alguns grupos no Linkedin e Whatsapp a questão da certificação PMP, qual o melhor momento para tirá-la, visto que teremos uma nova versão do PMBOK a ser lançada recentemente.

A questão é: Devo tirá-la agora ou espero a mudança da versão ?

Minha sugestão é: tire agora !!!!!!!. Não procrastine a sua certificação.

Além de ajudá-lo a alavancar sua carreira, ajuda o ego e auto-estima. Afinal de contas, quem não gosta de sentir-se com a sensação de dever cumprido, de ter chegado lá……

Minha situação era muito parecida. A nova versão seria lançada em julho e minha prova estava agendada para 24.06.

Ou seja, não havia chance de errar, a falha acarretaria em nova prova e já na versão nova.

Minha estória começa no final de 2008, prestes a terminar meu MBA em gestão de projetos pela FGV.

Logo após o término do MBA, ja com os pré requisitos para eleger-se apto para realização da prova, comecei a preparar-me para a certificação.

Foram 6 meses de estudos e compartilho como foi conquistada.

Antes mesmo de existir o Whatsapp, eu utilizava fóruns de discussão do Yahoo, sobre gerenciamento de projetos e foi lá que conheci 2 companheiros na jornada para a certificação. Ambos também queriam preparar-se para a prova e éramos de Sorocaba, então a logística ajudava.

Abaixo as dicas de sucesso para essa certificação:

  1. Todos os sábados nos encontrávamos na biblioteca da cidade para estudar e realizar simulados juntos, trocar experiências profissionais e de conhecimentos em gestão. Isso ajuda e muito.
  2. Li o livro da Rita Mulcahy pelo menos umas 3 vezes.
  3. Li o PMBOK pelo menos umas 3 vezes.
  4. Realizei diversos simulados até atingir o % mínimo para a aprovação na prova.
  5. Realizava os simulados no mesmo horário agendado da prova.
  6. Conversava com outros gestores, já certificados, para compartilhar a experiência da prova e apoio nos simulados.
  7. Tirei férias dias antes da prova para estudar mais (sprint final) e descansar, não sendo impactado pelos problemas do trabalho e desviar o foco.

Ao final, não há recompensa maior em ver a frase “you passed“.

Boa sorte nos estudos, foco no seu projeto de certificação.

Sucesso.

Jefferson Gazolli Brunhara on EmailJefferson Gazolli Brunhara on FacebookJefferson Gazolli Brunhara on LinkedinJefferson Gazolli Brunhara on Twitter
Jefferson Gazolli Brunhara
Gerente de Projetos / PMO na Tenacitas Consultare
Especialista em gestão de projetos e portfólios e Sócio fundador da Tenacitas Consultare.

Graduado em Análise de Sistemas, Pós Graduado em Gestão Estratégica de Negócios, MBA em gerenciamento de projetos pela FGV, Certificado SFC® - SCRUMstudy e Certificado PMP® - PMI.

Responsável nos últimos vinte anos por grandes projetos no Brasil e na América Latina.

Responsável por apoiar clientes na gestão de projetos diversos, capacitação de equipes, utilizando as melhores práticas de mercado como PDCA, Scrum, Waterfall e Kanban.

Responsável pela implantação de PMO's para empresas nos segmentos de TI, com redução do esforço de implantação e aumento da satisfação dos clientes.

Definição de KPIs para reporte a alta direção da empresa.

Professor e palestrante em gerenciamento de projetos.

One thought on “Como tirei minha certificação PMP

  1. Oi Jefferson, sua história é um pouco parecida com a minha (e acredito que de tantos outros que precisam conciliar os estudos com trabalho e família). Interessante que tivemos estratégias parecidas, também procurei o apoio de pessoas que queriam tirar a certificação, li o livro da Rita algumas vezes e simulados.
    E realmente quando temos a data já marcada cria um horizonte e um objetivo a ser seguido.
    []s

Deixe uma resposta