Tecnologia

Analisando Analistas de TI

Hoje em dia um analista de TI deve estar anos luz a frente do seu tempo, a tecnologia não espera e evolui a passos largos, numa era onde a informação já cabe na palma da mão, nada mais justo que o futuro administrador de TI tenha em mãos ótimas ferramentas, um cérebro aguçado e vontade, muita vontade.

Mas o que esperar desta vaga no mercado? Creio que além de cobiçada esta é uma vaga que merece muito respeito e que precisa de muita consideração, afinal um administrador não é somente aquele que recebe mais e orienta seus funcionários, na área de desenvolvimento, por exemplo, ele precisa de muitas qualidades e muitos defeitos.

De que adianta manter um departamento inteiro sendo que no final das contas quem tem que “sentar no pepino” é você? Geralmente quem se candidata a este cargo enxerga somente os louros do gordo salário e a oportunidade de deixar de ser peão, mas como diria Ben Parker para o Homem-Aranha [… “Um grande poder trás grande responsabilidade”…]. O problema é que como disse Hank McCoy (Fera dos X-Men) [… “O poder corrompe, o poder absoluto corrompe absolutamente”…].

Imagine-se na sua primeira semana de trabalho numa empresa média (aproximadamente 25 funcionários e uma sala de desenvolvimento com uns 10 ou 12 programadores) e logo aparece a primeira plantação de pepinos.

Como diz o Guia para ser promovido na Carreia em Y destinada aqueles que querem manter-se na área de tecnologia, sem passar para área administrativa existem 8 tipos de analista, o indivíduo começa como Analista 1 e pode chegar a ser Analista 8.

Analistas 1

Descrição: Os Analistas 1 são comumente conhecidos como Analistas baby, ou seja, um pouco mais que estagiários. É a condição necessária para vocês virarem Analistas 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8.

Exemplo: Eles geralmente são os peões de obra, fazem tudo e mais um pouco e com o mínimo conhecimento de tecnologias e ou procedimentos (afinal eles nem devem existir mesmo).

Obrigatório: Noções da língua pátria e curiosidade.

Qualidades: Geralmente é educado, subserviente e persistente, mesmo sem noção de como pode ajudar.

Defeitos: Nunca diz não para nenhum funcionário ou chefe (geralmente por medo), tudo é possível e está sempre sobrecarregado com a carga de trabalho que pega por este motivo, não tem noções de uma segunda língua e/ou formação superior.

Analistas 2 e 3

Descrição: Faça o seu dever, cumpra seus prazos, fique algumas vezes depois do horário, faça cursos de aperfeiçoamento, seja sociável e trabalhe em equipe. É necessário destruir plantações de pepinos (pepino = problema).

Obrigatório: Noções de inglês técnico.

Exemplo: Humanos normais.

Qualidades: Bem educado, persistente, com noções de ferramentas e tecnologias, implementa os procedimentos (geralmente próprios já que a empresa quase nunca os têm, mesmo que depois de centenas de milhares de reuniões para concretiza-los é melhor deixar como está porque os “erros” são poucos), tem curso superior incompleto.

Defeitos: Geralmente está de mal humor pois a empresa não tem nenhum procedimento e/ou plano de contingência, se o analista superior está em casa de cama é melhor começar a distribuir seus currículos.

Analista 4

Descrição: Idem ao anterior + matar um leão por dia (leão = um grande problema), com uma carga horária de 12 horas diárias. Ser responsável por 30% da administração de uma rede pequena de 700 usuários.

Obrigatório: inglês, espanhol e Visual Basic + 1 linguagem desejável.

Exemplo: Fodões.

Qualidades: Bem educado, persistente, com noções de ferramentas e tecnologias, implementa os procedimentos (geralmente próprios já que a empresa quase nunca os têm, mesmo que depois de centenas de milhares de reuniões para concretiza-los é melhor deixar como está porque os “erros” são poucos), tem curso superior incompleto.

Defeitos: Geralmente está de mal humor pois a empresa não tem nenhum procedimento e/ou plano de contingência, se o analista superior está em casa de cama é melhor começar a distribuir seus currículos afinal só ele conhece todo o processo de cabeça.

Analista 5

Descrição: Idem ao anterior + um dragão por semana (dragão = um problema enorme), com uma carga horária diária de 16 horas sem feriados. Ser responsável por 40% da administração de uma rede do tipo 1.000 usuários.

Obrigatório: inglês, francês, japonês, espanhol, VB e C++, C#, JAVA, ABAP, PROGRESS, XML.

Exemplo: David Blame, Mister M, David Coperfield, Padre Quevedo.

Qualidades: Educado, persistente, com boas noções de suas ferramentas (geralmente ele as faz) e tecnologias, implementa os procedimentos (Próprios já que a empresa ainda não os têm, mesmo que depois de centenas de milhares de reuniões para concretiza-los é melhor deixar como está porque os “problemas” são poucos afinal a empresa não comete erros, ele deve vir de algum ruído sistêmico), tem curso superior incompleto, e alguns cursos de aperfeiçoamento para estar onde está.

Defeitos: Geralmente está de mau humor, pois a empresa não tem nenhum procedimento e/ou plano de contingência, fala não para 30% das coisas que lhe são solicitadas, repassa os pepinos para analistas inferiores, mas depois refaz os serviços já que eles acabam por errar mais que ele (ele “quase” não erra), começa a ter os processos armazenados na cabeça para evitar distribuição de conhecimento.

Analista 6

Descrição: Idem aos anteriores, só que, mata-se 1 leão por hora, um dragão por dia, um alien por semana (alien = um problema do outro mundo) e mais uma área equivalente a meio globo terrestre em plantações de pepino. Carga horária diária de 20 horas. Ser responsável por 75% da administração de uma rede de 2.500 usuários e 30% de todos os projetos internos de tecnologia.

Obrigatório: inglês, francês, alemão, japonês, espanhol, aramaico, latim, mandarim, vietnamita, VB.NET, C++, C#, ASP.NET, DHTML, ABAP, PROGRESS, JAVA, XML e Cobol, JavaScript.

Exemplo: criaturas mitológicas, gnomos, ninjas com o poder dos 9 cortes. Obs: assim como os ninjas, somente um Analista 6 pode matar um Analista 6.

Qualidades: Traseiro de aço (afinal aguenta 100% dos ferros levados por trás nas reuniões com a diretoria, conhece e bem suas ferramentas (geralmente ele as faz) antenado com as tecnologias, implementa os procedimentos (Próprios já que a empresa nunca vai ter mesmo, porque os “problemas” são nulos afinal a empresa não comete erros, ele deve vir de algum ruído sistêmico, ou culpa de algum Analista 1), tem curso superior completo e está fazendo mais um, vários cursos de aperfeiçoamento para estar onde está, mesmo que a maioria das coisas que faz venha de P.O.G.

Defeitos: Pouco educado, geralmente está de muito mau humor, pois a empresa não tem nenhum procedimento e/ou plano de contingência ou a esposa dorme de calça jeans todo dia afinal ele nunca está em casa, fala não para 95% das coisas que lhe são solicitadas ( como liberar acesso de seus colaboradores utilizarem softwares livres forçando-os a utilizarem ferramentas proprietárias de difícil compreensão), repassa os pepinos para analistas inferiores, mas depois refaz os serviços e reclama de boca cheia já que “os burros” não o compreendem e acabam por errar mais que ele “ele não erra”, começa a ter os processos armazenados na cabeça para evitar distribuição de conhecimento.

Analista 7

Descrição: Idem aos anteriores, só que, os leões e dragões fogem de você. Você terá que caça-los em outras dimensões e planetas. Uma área equivalente a uma estrela classe 5 (Sol) em plantações de pepino e três aliens e um predador por dia (predador = um problema impossível de ser resolvido, exemplo, fazer um corpo com massa M viajar com velocidade acima da velocidade da luz). Carga horária diária de 25 horas. Ser responsável por 100% da administração de uma rede de 6.000 usuários e 60% de todos os projetos internos de tecnologia.

Obrigatório: inglês, francês, alemão, japonês, italiano, espanhol, aramaico, latim, mandarim, vietnamita, BORG, Klingon, Pascal, Fortran, C#, ASP, JAVA, XML, EasyTrieve, IMS/DC, Telon e todas as 13500 línguas e dialetos que o C3PO fala no filme Star Wars.

Exemplo: Mago Merlin, Jedis como Luke Skywalker e Obi-Wan Kenobi, Mestre Yoda (daí o nome de carreira em Y), Darth Maul, Lord Vader, Spectroman. Não desanime, conseguir você irá, um analista 7 você será. Grande poder tem o lado negro ADMINISTRATIVO da FORÇA. Você também terá que ser um Highlander, pois só com uma vida eterna você terá tempo para atingir este cargo, mas não se esqueça que só pode haver um e não deixe que nenhum outro analista 7, corte sua cabeça.

Qualidades: Traseiro de aço (afinal aguenta 100% dos ferros levados por trás nas reuniões com a diretoria) tem pênis de adamantium (afinal como só usa a casa para dormir acaba por enrabar todos seus subordinados da área de desenvolvimento),  conhece todas suas ferramentas cria praticamente tudo que é possível computacionalmente antenado com as tecnologias, implementa os procedimentos (Próprios já que a empresa nunca vai ter mesmo, porque os “problemas” são nulos afinal a empresa não comete erros, ele deve vir de algum ruído sistêmico, ou culpa de algum Analista 1, mas geralmente foi birolice de cliente), tem dois cursos superiores completos e está fazendo mais um, vários cursos de aperfeiçoamento, reciclagem, tecnologias de programação que fazem TUDO mas que nunca são implantadas, mesmo que a maioria das coisas que faz venha de P.O.G, procedimentos alternativos permanentes e ajustes.

Defeitos: Mal educado, nunca está de bom humor, pois a empresa não tem nenhum procedimento está tudo na sua cabeça e sua a esposa dorme de calça jeans todo dia afinal ele nunca está em casa (isso se ela existir), fala não para 99% das coisas que lhe são solicitadas ( como liberar acesso de seus colaboradores utilizarem softwares livres forçando-os a utilizarem ferramentas proprietárias de difícil compreensão, um dia de folga, um curso que exige presença do seu colaborador de uma tecnologia que não se enquadra aos procedimentos da empresa (ou seja da sua cabeça) auxiliar os novatos a pelo menos tentarem mostrar o seu potencial), repassa os pepinos para analistas inferiores, mas depois refaz os serviços, pois a diretoria sentou o ferro nele, reclama de boca cheia já que “os burros” não o compreendem e acabam por errar mais que ele “ele não erra”, enraba diariamente (as vezes de hora em hora) seus colaboradores, mantem todos os processos armazenados na cabeça para evitar distribuição de conhecimento.

Analista 8

Descrição: é o cargo máximo no UNIVERSO e você será considerado como o mestre dos elementos. Você terá o poder sobre a vida e a morte dos seres, logo você não precisa mais mata-los, você apenas deseja que os problemas se resolvam ou cria novas leis físicas no universo para que isso aconteça. E você irá perdoar a todos. Você será onisciente, onipresente e onipotente. Carga horária diária indefinida, para você o tempo e o espaço já não existem. Ser responsável por 100% dos projetos e 100% da área de tecnologia de uma empresa de 30.000 usuários, em 7 dias.

Exemplo: Deus. Ou seja, desista.

Qualidades: Todas.

Defeitos: Inexistentes.

Lembrando que os defeitos de um Analista 7  podem estar presentes desde o Analista 1.

Coimbra, PMP on FacebookCoimbra, PMP on LinkedinCoimbra, PMP on TwitterCoimbra, PMP on Youtube
Coimbra, PMP

CEO do portal, apaixonado por gestão de projetos, metodologias, minha família, professor, consultor, certificado PMP, Six Sigma White Belt.


Comentários

Deixe uma resposta