As Forças do Ambiente Organizacional – Introdução

Prezado leitor, é um prazer estar com você e poder viajar nesta aventura pelas entranhas do Ambiente Organizacional. Gostaria de informar que este assunto poderia render alguns livros, de longas páginas, por isso, falaremos sobre o conceito e daremos um pouco de ênfase nas Forças que compõe o Ambiente Organizacional. É importante que você esteja ligado e acompanhe todos os artigos desta aventura.

As organizações formais são sistemas de ação coordenada entre indivíduos e grupos, cujas preferências, informações, interesses e conhecimentos diferem1. Neste contexto, saber converter conflito em cooperação, é uma habilidade necessária ao gestor, de forma que possa coordenar e facilitar a sobrevivência conjunta dos integrantes da organização. É necessário compreender muitas variáveis, como a relação entre poder e liderança, conflitos, questões culturais, mudanças e o ambiente externo.

Vamos a alguns conceitos…

Conceito de Organização

Podemos dizer que Organização é um arranjo sistemático de pessoas reunidas para alcançar algum propósito específico, com 3 características comuns:

  1. Toda organização é compota por pessoas que se agrupam de uma maneira específica e compartilham de um propósito, que pode ser uma meta a ser atingida;
  2. Nenhuma meta poderá ser atingida, se as pessoas não tomarem decisões para estabelecer o propósito e desempenhar as devidas atividades;
  3. Uma estrutura sistemática é desenvolvida nas organizações, afim de definir e limitar o comportamento de seus membros.

Também podemos afirmar que as organizações se constituem em repositórios de conhecimentos. Essa relação pode ser mais antiga do que se imagina, e está bastante relacionada em “como” as coisas são feitas, atitudes, decisões, etc. As organizações diferem de forma persistente em características, comportamentos, performances, ou em quase tudo…, mas são formadas por pessoas!

Conceito de Ambiente Organizacional

Sendo bem generalista, podemos resumir dizendo que Ambiente Organizacional são todos os fatores – internos e externos – que envolve uma determinada organização e tem o potencial de influenciar o desempenho.

O ambiente externo é o contexto no qual as organizações existem e operam, sendo constituído pelos elementos que se encontram fora dos limites da organização. O ambiente interno é composto pelos elementos como: trabalhadores, administradores, cultura organizacional, tecnologia, estrutura organizacional e instalações físicas.

Daft define como: “Todos os elementos que existem fora dos limites da organização e que têm o poder de afetá-la como um todo ou parte dela”2. Enquanto que Mintzberg entende que “o ambiente compreende virtualmente tudo de fora da organização – sua tecnologia (o conhecimento básico que ela deve extrair), a natureza de seus produtos, os clientes e competidores, a localização geográfica, o clima econômico, político, e mesmo o meteorológico, nos quais deve operar, e assim por diante”3.

Forças que compõe o Ambiente Organizacional

O objetivo desta série de artigos é identificar as forças que compõe o ambiente organizacional. Claro que, para um estudo mais aprofundado, podemos encontrar muitas outras forças, mas selecionei apenas 5 que acredito ser mais relevantes e abordaremos nos próximos artigos. São elas:

  1. Liderança e Poder
  2. Cultura
  3. Conflitos
  4. Mudanças
  5. Ambiente externo

Acredito que eu tenha deixado um gostinho de “quero mais” e espero contar com a sua atenção nos próximos artigos, colaborando com o seu aprendizado. Fique à vontade para fazer sua crítica e/ou sugestão no campo “comentários”. Até a próxima!

  1. March & Simon, 1993  
  2. Daft, 2002, p.122  
  3. Mintzberg, 1995, p.139  

Comentários

comentarios

Renato Cunha
na